Connect with us


Apps

[ Stalkerware ]: Software de espionagem de pessoas cresce no Brasil; Veja como se proteger

O “stalkerware”, também conhecido como spouseware, é um software de vigilância que geralmente é vendido livremente na internet.

Publicado

em

O “stalkerware”, também conhecido como spouseware, é um software de vigilância que é vendido livremente na internet. Com ele você consegue acessar todas as mensagens de um dispositivo onde ele foi instalado, registrar as atividades na tela, rastrear localizações de GPS e até usar a câmera para espionar o que uma pessoa faz.

Publicidade

De acordo com a empresa de segurança Kaspersky, o número de pessoas que descobriram esse tipo de software em seus dispositivos aumentou em pelo menos 35% em 2018. A Kaspersky disse que seu software de segurança detectou o stalkerware em 37.532 dispositivos até o início de outubro de 2019. E o seu principal pesquisador de segurança, David Emm, diz que esta é apenas a “ponta de um iceberg muito grande”.

“Essas informações são provenientes das instalações do nosso produto de segurança (em smartphones)… e esse número nem chega perto do que seria o total”.

A Kaspersky indicou quais são os países que houve os maiores registros. A Rússia é o país com os mais altos níveis de atividade de stalkerware. Confira a lista:

  1. Rússia
  2. Índia,
  3. Brasil,
  4. Estados Unidos
  5. e Alemanha.

 

Como se proteger?

Empresas de seguranças dizem que existem medidas práticas que as pessoas podem adotar caso suspeitem que estejam sendo espionadas.

“É sempre aconselhável verificar quais aplicativos estão no seu telefone e executar uma busca por vírus quando necessário. Se houver um aplicativo no seu dispositivo que você não reconheça, vale a pena procurar informações na internet e removê-lo, se necessário”, diz Jake Moore, da empresa Eset.

 

Gemma Toynton, da organização britânica contra o abuso doméstico Safer Places, diz ter notado um efeito a longo prazo em vários dos casos com os quais lidou.

 

“Isso reduz a confiança da pessoa”, explica. “Faz com que ela veja o telefone ou laptop como uma arma, porque foi assim que o aparelho foi usado.”. … “A tecnologia se tornou, em suas mentes, em uma rede que as cerca e muitas pessoas param de usar a internet.”

 

Como se proteger

Estes softwares de “espionagem” funcionam muito parecidos com spywares e vírus, com isso, muitos softwares de segurança, tanto para desktops quanto para smartphones, identificam-os como “software potencialmente danoso”. A maior forma de se proteger é instalar estes softwares de segurança e sempre escanear quando possível ( de preferência diariamente ).

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 3 =