Connect with us

Informática

Processadores da Ryzen AMD dominam quase 69% do mercado japonês de computadores montados por consumidores

Pesquisas realizadas com os principais varejistas do Japão revelam aumento nas vendas dos processadores AMD (Ryzen) para computadores montados

Publicado

em

Com o recente lançamento dos processadores Ryzen de 3ª geração a AMD teve um aumento considerável no número de vendas. Apesar de ainda não termos números oficiais pela empresa, as primeiras estimativas do impacto das começaram a aparecer em alguns sites especializados e o resultado parece ser bastante positivo.

Publicidade

O site PC Watch divulgou recentemente uma pesquisa realizada com os dados de venda dos principais varejista do Japão e constatou que 68,6% do mercado de computadores montados pelos próprios consumidores possuem um processador da AMD. Esta análise veio de resultados de vendas da Amazon JapãoBic Camera Edion e a conclusão foi definida através de um comparativo realizado em setembro de 2018, quando a AMD detinha apenas 20% do mercado de computadores DIY (Do it Yourself – ou faça você mesmo).

Segundo o PC Watch, a AMD alcançou esses números por conta de alguns fatores e um deles foi o lançamento dos novos Ryzen 3000, que chegaram como excelentes opções de custo-benefício e alto desempenho para bater de frente com os principais processadores da Intel.

Em relação à preços, os Ryzen de 3ª geração conseguem bater todos as soluções equivalentes da Intel, algo que se torna bastante atrativo para quem está montando seu próprio desktop e precisa balancear seus investimentos.  Outro fator foi a falta de processadores da Intel no mercado. Enquanto as CPUs da Intel ficavam mais caras, a AMD realizou diversos cortes de preço dos Ryzen de 1ª e 2ª geração, e ajudou demais nas vendas da empresa nesse segmento.

Mesmo com esta ótima sacudida no mercado, a AMD continua tendo um tendão de Aquiles os computadores manufaturados e pré-fabricados, já que a Intel mantém sua dinastia ferozmente. Os desktops e notebooks que contam com uma CPU da AMD somam apenas 14,7% do mercado, mesmo tendo melhores benefícios energéticos e em alguns casos até maior desempenho. Isso prova que ainda há um certo receio da indústria em equipar seus computadores com os componentes da AMD. Muitos leitores da PC Watch criticaram a forma que o site realizou a pesquisa e solicitaram mais detalhes sobre os métodos utilizados. O Site confirmou o equívoco e disse estar trabalhando para atualizar a matéria em breve. Mesmo assim o resultado atingido com os números de vendas revelam que neste momento a AMD detém quase 69% das vendas de processadores para os consumidores japoneses.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + onze =

%d blogueiros gostam disto: