Connect with us

Games

Vazamento mostra suposta configuração de GPU de Playstation 5 e Xbox Series X. Veja qual esta com o hardware melhor

Tanto Sony quanto Microsoft já confirmaram que lançarão a nova geração de seus consoles em 2020, mas ainda não se tem muita informação sobre eles, principalmente sobre a parte técnica de seus hardwares. Um vazamento noticiado pode ter dados as primeiras pistas sobre a capacidade dos consoles

Publicado

em

De acordo com o site Eurogamer, foi encontrado no GitHub um teste fragmentado de APU de um processador Ryzen que, de acordo com rumores, suspeita-se que seja o componente que será usado no PlayStation 5. E, dentro do mesmo banco de dados, é possível também ver os resultados de benchmark tirados do programa 3DMark, que dá detalhes sobre a GPU que deverá fazer parte do Xbox Series X.

Publicidade

Sobre a força do processamento do PS5

 

 

O conteúdo do GitHub confirma que o componente utilizará 36 compute units (unidades de processamento que efetuam as tarefas dentro de uma placa de vídeo) com uma velocidade de 2 GHz. Se esse valor for mesmo real, ele indica que o PS5 terá uma GPU de 9,2 teraflops. Para ter uma noção o valor do PlayStation 4 padrão chega a  1,8 teraflops e do que o PlayStation 4 Pro 4,2 teraflops.

Em resumo:

  • Playstation 5: GPU de 9,2 teraflops
  • Playstation 4 padrão: 1,8 teraflops
  • Playstation 4 Pro: 4,2 teraflops

 

Que tipo de memória do PS5

Neste mesmo vazamento sugerem que o Playstation 5 terá:

  • Memórias do tipo GDDR6, as mesmas utilizadas pelas placas de vídeo Navi série RX 5700.
  • A largura de barramento é de 448 GB/s, mas alguns dos resultados indicam que ela pode atingir até 512 GB/s.

Isso pode ser um indicador de uma GDDR6 de 14gbps, que poderá ser atualizada para uma de 16 gbps utilizando a mesma interface de 256 bits, ou ainda o caso de uma performance melhorada através do uso de cache.

Mesmo não sendo informações confirmadas do PS5, o editor de tecnologia da Eurogamer, Richard Leadbetter, fez uma “engenharia reversa” baseada em informações divulgadas pela AMD, sobre o PS5. De acordo com essas informações, o novo console da Sony deverá utilizar uma GPU “mutável”, que poderá ser configurada em 3 modos distintos, desenvolvido para o funcionamento da retrocompatibilidade com consoles anteriores da empresa.

 

Como funcionaria?

  • Uma GPU com clock de 2 GHz é descrito como será usado para o modo “nativo” ou “Gen 2”, que seria a performance “total” do aparelho.
  • O modo “Gen1” funcionará com 36 compute units rodando com um clock de 911 MHz, largura de barramento de 218 GB/s e memória de 64 ROPS – que são as especificações de funcionamento exatas do PS4 Pro.

Isso significa que as informações encontradas no GitHub não apenas condizem com o que se espera ser a “performance máxima” do PS5, como ainda também valida os rumores sobre retrocompatibilidade do console.

 

Mas e o Xbox?

 

 

Se obter informações sobre o Playstation já era difícil, conteúdo referente ao Xbox One Series X são ainda mais raras. Neste vazamento só revela apenas que a GPU utilizada pelo console deverá ter um total de 3.584 shaders. Mas, de acordo com Leadbetter, levando em conta o histórico de outros produtos da AMD, esse valor deve significar que o processador gráfico do novo console da Microsoft deverá ter:

  • Aproximadamente 56 compute units
  • Uma velocidade entre 1680 MHz e 1700 MHz cada, fazendo o Xbox Series X operar com cerca de 12 teraflops.

Com o pouco que se sabe do console da Microsoft, podemos  imaginar que ela não esta se preocupando tanto com o preço. Com informações coletadas, o Xbox Series X deverá definitivamente ser o mais caro da nova geração de consoles. Parece ser parte da estratégia da empresa, que querer aproximar sua divisão de videogames do modelo usado hoje pelo mercado de smartphones.

Há rumores também que a empresa esteja trabalhando em um “Xbox Series S”, que seria o sucessor do Xbox One S, fazendo dele uma versão de entrada, menos potente e mais barata. Assim oferecendo diferentes produtos que se adequariam às condições financeiras de seus clientes.

 

O que tem em comum?

Até o momento, a única confirmação de hardware dos consoles é de que ambos deverão usar SSDs da Samsung, o que foi revelado em novembro pela própria empresa coreana. Tanto o Xbox e PlayStation deverão ser apresentados durante a E3 de 2020, e os dois tem lançamento previsto para o final do ano.

Conclusão

Pode pensar que as marcas estarão disputando firmemente na próxima geração, mas diferente da geração atual, cada empresa irá disputar, inicialmente, com armas diferentes. Enquanto a Sony parece estar tentando equilibrar preço de custo x performance, a Microsoft esta tentando apostar em opções de console, onde terá um Xbox para cada tipo de bolso.

Fonte: ONMSFT

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

%d blogueiros gostam disto: