Connect with us


Games

Gamescom 2020 vai acontecer, mas pode ser digital

A Gamescom 2020 não será cancelada, mas seus organizadores podem movê-lo para um formato digital para evitar o perigo de coronavírus.

Publicado a

em

A E3 2020 já foi cancelada , mas a Gamescom 2020 ainda pode sobreviver  ao coronavírus. Os organizadores do evento ainda planejam realizar o evento em agosto, embora possa ser num formato digital para evitar a exposição dos participantes à infecção ao COVID-19.

Em uma declaração eles disseram que ainda é possível que possa haver um evento presencial. A Gamescom será realizada de 25 a 29 de agosto, e os organizadores tomarão uma decisão em maio para determinar se o evento será realizado presencial em Colônia, na Alemanha. Independentemente disso, eles estão se preparando para expandir a cobertura digital para alcançar mais espectadores.

“Se um evento no local for possível, haverá também mais informações nesse estágio, sobre as mudanças que precisam ser feitas para garantir totalmente a saúde de todos os visitantes”, acrescentaram os organizadores.

 

Publicidade

Sobre a Gamescom

A Gamescom é normalmente a segunda etapa dos anúncios de jogos de verão, com os editores economizando alguns grandes jogos para suas coletivas de imprensa em agosto, em vez da E3.

A Gamescom vê muito mais participantes pessoalmente a cada ano do que a E3, a última das quais foi planejada para junho. Embora o próprio E3 2020 tenha sido cancelado, vários editores como Ubisoft, Square Enix e Microsoft estão preparando seus próprios eventos digitais semelhantes a conferências de imprensa para fornecer anúncios e notícias de jogos.

Também não se espera que o E3 2021 seja afetado pelo cancelamento deste ano, embora a lista de participantes tenha diminuído recentemente. Grandes editoras, como a Electronic Arts e a Sony, já estavam planejando pular a E3 2020 antes de ser cancelada.

Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 2 =

Apps

Jogue Nintendo 3DS no seu smartphone Android! Veja como fazer…

Já é possível matar a saudade do Nintendo 3DS no seu Android, basta instalar um novo emulador que esta na Play Store.

Publicado a

em

Acabou de chegar à Internet uma excelente notícia para os apaixonados por jogos do Nintendo 3Ds e têm um smartphone Android, mas ao mesmo tempo é uma péssima novidade para a empresa que desenvolveu o Super Mário. O emulador da Nintendo 3DS chama-se Citra.

Conheça o Citra

Simulação do jogo Zelda no Citra

Simulação do jogo Zelda no Citra

O Citra estava sendo desenvolvido há muitos anos, apesar deste desenvolvimento seja para PC. No entanto, agora foi migrado para as plataformas móveis e algo é notório: Devido ao tamanho dos smartphones, a jogabilidade ficou melhor que nos PCs.

Publicidade

O emulador consegue replicar diversas funcionalidades do 3DS como o suporte para a câmara e o microfone. A isto juntam-se também os detectores de movimento. Se quiser obter uma experiência ainda mais interessante, existe a possibilidade de usar um Gamepad.

Apesar do emulador da 3DS estar disponível gratuitamente existe uma versão Premium. Esta aquisição pode ser feita diretamente na aplicação. Dá acesso ao modo escuro e a um sistema de renderização de texturas onde tudo fica ainda melhor.

Será que o Citra é compatível com todos os smartphones?

Simulação do jogo Mario Kart no Citra

Simulação do jogo Mario Kart no Citra

A equipe responsável pelo desenvolvimento do Citra recomenda que o dispositivo tenha um chipset Qualcomm Snapdragon 835 ou superior, mesmo que o desempenho possa depender especialmente da placa gráfica e possuir o sistema operacional Android 8.0 ou superior.

Ficou interessado em  jogar mas seu Smartphone já não tem a performance que precisa? Confira algumas promoções de Smartphones na Amazon!

 

Continue Lendo

Apps

Call of Duty: Warzone – nova medida de segurança deixa cheaters frustrados

Apesar de ser um excelente jogo, Call of Duty: Warzone perdeu boa parte da sua atratividade por estar cheio de cheaters.

Publicado a

em

Apesar dp Call of Duty: Warzone ser um ótimo jogo, ele começou a ter uma leva de pessoas o abandonando por estar cheio de por jogadores usando cheats e outras “tecnologias indignas”. E isso, claro, levou a Infinity Ward, desenvolvedora do game, a iniciar uma verdadeira cruzada contra os inimigos do fair play.

Desde que o game foi lançado, a empresa tem adotado uma linha dura contra os cheaters. Agora, após diversas ações e medidas de segurança, parece que a desenvolvedora finalmente conseguiu ter uma vitória relevante…

A Autenticação em 2 Etapas

Autenticação com 2 fatores: a Infinity Ward teve uma vitória significativa contra os cheaters

Autenticação com 2 fatores: a Infinity Ward teve uma vitória significativa contra os cheaters

Publicidade

A empresa resolveu tornar obrigatória a autenticação em duas etapas, para todos os players que desejarem entrar no game. Uma medida simples que já conseguiu diminuir o número de jogadores trapaceiros. Essa medida acabou levantando certos questionamentos sobre o fato de valer ou não valer pena recorrer a trapaças para jogar o jogo.

Veja como funciona:

  • O jogo exige que os jogador cadastre um número de celular.
  • Toda vez que uma tentativa de entrar no game é feita, uma mensagem com um código é enviada para o número cadastrado.

Com este mecanismo a ideia é evitar que os players que já foram banidos retornem ao game. E parece que isso tem dado certo. Conforme indicam algumas postagens em fóruns de hackers, os cheaters se mostraram muito indignados com esta estratégia da Infinity Ward…

“Agora eu nunca mais posso jogar o Warzone porque a conta que tinha meu número de telefone está banida e você precisa ter um novo número de telefone para jogar”, dizia uma das postagens.

Enfim, a Infinity Ward teve uma vitória significativa contra os cheaters e, ao que tudo indica, agora Call of Duty: Warzone será um ambiente um pouco melhor para os players honestos até que hackers provem o contrário…

Continue Lendo

Games

FIFA 21: A EA Sports já sabe se vai adiar ou cancelar seu jogo que é um dos seus carros chefe em vendas

Devido ao Coronavírus ter impactado seriamente o mercado dos games e do futebol, houve muitos rumores sobre adiamento e até mesmo cancelamento. A EA precisou fazer um pronunciamento. Confira

Publicado a

em

Independente de você gostar ou não do FIFA, ele sem dúvida é um dos jogos mais vendidos ano após ano, mesmo com todas as queixas dos jogadores de que o jogo é apenas um refresh do título do ano passado, com mudança nos elencos e algumas firulas. Que às vezes, fazem mais mal do que bem, pois com essas mudanças vem um caminão cheio de novos bugs para um jogo que nunca foi propriamente perfeito.

 

Rumores sobre o adiamento do FIFA 21

Devido ao fato do Coronavírus ter impactado seriamente o mercado dos games e principalmente o mercado como um todo. Houve uma onda de rumores que sugeriam um adiamento do FIFA 21, primeiramente devido ao fato das equipes de desenvolvimento estarem trabalhando em casa, que por si só dificulta, e também pelo fato dos campeonatos estarem neste momento suspensos.

Publicidade

Por conta dessa avalanche de suspeitas, a EA Sports já veio despreocupar os fãs do jogo e principalmente nos seus investidores! Ou seja, a galinha dos ovos de ouro da empresa não foi suficientemente afetada para existir um adiamento na tradicional e lucrativa data de lançamento. Na última reunião de contas, a EA garantiu que o novo jogo irá ser lançado na data prevista, muito provavelmente no dia 25 de Setembro:

“Temos um longo histórico na criação de conteúdo desportivo que não está diretamente dependente do mundo real. Aliás, nesta altura, uma das únicas maneiras de experienciar este mesmo esporte, é em jogo como os que nós criamos, algo muito bom para nós como empresa.”

Dito isto, não vai ser apenas FIFA a chegar na altura esperada, Madden 21 e NHL 21 também vão cumprir calendário.

Continue Lendo

Mais lidas +