Connect with us


Games

FIFA 21: A EA Sports já sabe se vai adiar ou cancelar seu jogo que é um dos seus carros chefe em vendas

Devido ao Coronavírus ter impactado seriamente o mercado dos games e do futebol, houve muitos rumores sobre adiamento e até mesmo cancelamento. A EA precisou fazer um pronunciamento. Confira

Publicado a

em

Independente de você gostar ou não do FIFA, ele sem dúvida é um dos jogos mais vendidos ano após ano, mesmo com todas as queixas dos jogadores de que o jogo é apenas um refresh do título do ano passado, com mudança nos elencos e algumas firulas. Que às vezes, fazem mais mal do que bem, pois com essas mudanças vem um caminão cheio de novos bugs para um jogo que nunca foi propriamente perfeito.

 

Rumores sobre o adiamento do FIFA 21

Devido ao fato do Coronavírus ter impactado seriamente o mercado dos games e principalmente o mercado como um todo. Houve uma onda de rumores que sugeriam um adiamento do FIFA 21, primeiramente devido ao fato das equipes de desenvolvimento estarem trabalhando em casa, que por si só dificulta, e também pelo fato dos campeonatos estarem neste momento suspensos.

Publicidade

Por conta dessa avalanche de suspeitas, a EA Sports já veio despreocupar os fãs do jogo e principalmente nos seus investidores! Ou seja, a galinha dos ovos de ouro da empresa não foi suficientemente afetada para existir um adiamento na tradicional e lucrativa data de lançamento. Na última reunião de contas, a EA garantiu que o novo jogo irá ser lançado na data prevista, muito provavelmente no dia 25 de Setembro:

“Temos um longo histórico na criação de conteúdo desportivo que não está diretamente dependente do mundo real. Aliás, nesta altura, uma das únicas maneiras de experienciar este mesmo esporte, é em jogo como os que nós criamos, algo muito bom para nós como empresa.”

Dito isto, não vai ser apenas FIFA a chegar na altura esperada, Madden 21 e NHL 21 também vão cumprir calendário.

Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 4 =

Games

Conheça o Power Rangers: Battle for the Grid – O jogo multiplataforma da série que faz sucesso a mais de 25 anos

Power Rangers: Battle for the Grid suporta cross-play em várias plataformas.Este jogo de luta fácil de aprender, mas difícil de dominar, foi projetado para receber jogadores de todos os níveis.

Publicado a

em

Sinopse: Gerações de Power Rangers colidem nos 25 anos de história do multiverso. Experimente uma jogabilidade autêntica, mas reinventada dos Rangers. Este jogo de luta fácil de aprender, mas difícil de dominar, foi projetado para receber jogadores de todos os níveis.

Power Rangers: Battle for the Grid apresenta gráficos impressionantes e detalhes vívidos. Pit atuais, clássicos Rangers e vilões como nunca antes em batalhas de 3 contra 3. Teste suas habilidades on-line contra amigos e jogadores de todo o mundo e plataformas. Um sistema de combate simplificado dá as boas-vindas aos recém-chegados com controles simplificados, mantendo a profundidade para o competidor mais dedicado aprender e dominar.

 

Publicidade

Plataformas de crossplay suportadas:

O Power Rangers: Battle for the Grid oferece suporte ao jogo multiplataformas.

Plataformas suportadas:

  • Playstation 4
  • Steam (Windows)
  • Nintendo Switch
  • Xbox One

Modos de jogo suportados:

  • Um jogador
  • Multijogador

Modo de jogo:

  • Vista lateral

Categorias de jogos:

  • Luta
  • Ação

 

 

Quer ver outros jogos Crossplay, veja em nossa seção Jogos Multiplataforma

Continue Lendo

Games

Infinity Ward redobra esforços para proibir nomes racistas no Call of Duty

Depois de receber inúmeras críticas, a Infinity Ward promete reforçar a proibição de nomes racistas nos jogos Call of Duty

Publicado a

em

Após os protestos em todo os EUA após a morte de George Floyd, os membros da comunidade do Call of Duty destacaram a presença de nomes racistas e odiosos nos jogos do Call of Duty, incluindo nomes que se referem diretamente à morte de Floyd. A Infinity Ward anunciou que adicionará novos recursos para proibir nomes racistas em seus jogos do Call of Duty.

Em um tweet publicado em sua conta oficial de mídia social, a empresa anunciou medidas adicionais para garantir que usuários com nomes racistas e orientados ao ódio sejam banidos de seus servidores e jogos. O estúdio diz que, embora já proíba os usuários por nomes ofensivos, haverá medidas adicionais para garantir que os nomes racistas não passem por seus filtros.

Publicidade

Isso inclui adicionar:

  • Recursos adicionais para monitorar e identificar conteúdo racista,
  • Encontrar sistemas adicionais de relatórios no jogo para aumentar o número de proibições por hora,
  • Adicionando filtros e maiores restrições às alterações de nome,
  • Avaliar melhorias no jogo para facilitar a denúncia de ofensas,
  • e Aumentar proibições permanentes para erradicar reincidentes .
A Infinity Ward se posicionou sobre racismos em seus jogos

A Infinity Ward se posicionou sobre racismos em seus jogos

Em uma declaração, a Infinity Ward diz:

“Não há lugar para conteúdo racista em nosso jogo. Este é um esforço que começamos com o lançamento e precisamos fazer um trabalho melhor. Estamos emitindo milhares de proibições diárias de nomes racistas e orientados ao ódio. Mas sabemos que temos mais o que fazer. ”

Embora a Activision tenha anunciado seu apoio ao Floyd e à comunidade negra, além de atrasar a próxima temporada , também chamou a atenção para a presença desses nomes racistas em seus jogos de Call of Duty. A Infinity Ward encerrou sua mensagem dizendo: “Pedimos desculpas aos nossos jogadores. Esse é o nosso compromisso com vocês, fãs, obrigado. ”

 

Continue Lendo

Games

SEGA anuncia Game Gear Micro com jogos exclusivos em cada versão do console

A empresa japonesa, SEGA, publicou a recentemente no Twitter o lançamento do Micro console. Nela tem um trailer onde eles mostram a diferença de tamanho entre os modelos já desenvolvidos em relação à novidade.

Publicado a

em

O próximo passo para a mania dos consoles retrô está chegando. A Sega está comemorando seu 60º aniversário com este Game Gear Micro, que é muito pequeno, para se ter uma ideia a tela é de 1,15 polegadas.

 

Novo retrô da marca japonesa

Novo retrô da marca japonesa

Publicidade

 

A estratégia da SEGA é fazer com que você compre todos os consoles ( cores ). Isso porque eles terão 4 versões e cada uma contém alguns jogos em memória. A empresa japonesa publicou a pouco tempo no Twitter por meio do perfil oficial, onde um trailer mostra a diferença de tamanho entre os modelos já desenvolvidos em relação à novidade. Obviamente que a compactação chama a atenção e acaba sendo um atrativo a mais para os fãs desse tipo de dispositivo portátil.

Um diferencial interessante desse produto está no fato da SEGA ter aplicado jogos diferentes em cada opção de cor do Game Gear Micro, fazendo com que os usuários escolham a opção que tiver os jogos favoritos, algo que pode sair bem caro para quem é fã de todos. E se você esta pensando no tamanho da tela, a empresa criou uma “lente” para melhorar a experiência.

A SEGA criou uma lente para facilitar a jogabilidade

A SEGA criou uma lente para facilitar a jogabilidade

Confira os jogos de cada versão do micro-console

Preto

  • Sonic
  • Puyo Puyotsu
  • Outrun
  • Royal Stone aka Crystal Warriors

Amarelo

  • Shining Force
  • Shining Force 2
  • Shining Force 3
  • Nazo Puyo: Arle no Roux

Vermelho

  • Last Bible
  • Last Bible S
  • Columns
  • GG Shinobi

Azul

  • Sonic e Tails
  • Baku Baku Animal
  • Sylvan Tail
  • Gunstar Heroes

A empresa ainda prepara uma edição especial do Mega Drive para ser lançada em 6 de outubro, como versão comemorativa pelos 30 anos de fabricação, mas ainda não existem muitas informações a respeito de possíveis novidades presentes nas configurações dele.

Preço e lançamento no Brasil

O mini-boy Game Gear Micro está sendo comercializado no Japão por ¥ 4.980 ( aproximadamente R$ 238 em conversão direta). Vale lembrar que as opções de cor disponibilizadas pela SEGA fazem com que os games presentes nelas variem, então é preciso pensar bem antes de escolher, caso não possa adquirir todos os modelos. Ainda não há nenhuma palavra em uma data de lançamento no Brasil e nem nos EUA.

 

Continue Lendo

Mais lidas +