Conecte-se conosco

Celulares & Tablets

#BlackFriday2019 : Confira os melhores celulares entre R$ 1.000 e R$ 1.500 em 2019

Com a proximidade da Black Friday e Natal, muita gente fica ansiosa investir na troca do seu smartphone. Se você já vem se preparando para isso, mas esta procurando aquele aparelho com um bom custo benefício

Publicado a

em

Para isso o nosso site vai listar alguns aparelhos para ajudar você nessa tarefa. Preparamos uma lista com os 7 melhores smartphones que custam entre R$ 1.000 e R$ 1.500 lançados em 2019. Caso este valor esteja fora do seu orçamento, fizemos uma outra matéria com aparelhos abaixo dos R$ 1.000,00.

1. Xiaomi Mi A3:

O Xiaomi Mi A3 é uma opção para quem se preocupa principalmente com uma experiência de uso fluida e sem engasgos. Isso porque esse smartphone vem equipado com Android GO de fábrica e a garantia de que você está rodando o essencial. As configurações também são bem interessantes:

  • Processador Snapdragon 665 de oito núcleos,
  • 4 GB de memória RAM,
  • Bateria de 4.030 mAh de capacidade e suporte a recarregamento rápido
  • Leitor de impressão digital instalado sob a tela
  • Câmeras na parte de trás, há um sensor principal de 48 megapixels, outro de 8 MP ultrawide e um sensor de profundidade, para dar aquele efeito de fundo desfocado, de 2 MP. Já na parte da frente, a câmera tem 32 MP
  • Tela de 6 polegadas e tecnologia Super AMOLED
  • 64Gb ou 128Gb de armazenamento

Mesmo sendo o smartphone que saia atrás com relação a tela, o Xiaomi Mi A3 é uma boa opção.

 

2. Redmi Note 7:

O Redmi Note 7 é mais uma alternativa interessante da Xiaomi nesta lista. Mas há várias diferenças em relação ao A3 e que devem ser pesadas por você na hora da compra.

  • A tela embora seja seja LCD IPS, tem 6,3 polegadas e resolução Full HD+,
  • 3 GB RAM + 32 GB ROM, 4 GB RAM + 64 GB ROM, 4 GB RAM + 128 GB ROM e 6 GB RAM + 64 GB ROM.
  • A bateria com 4.000 mAh de capacidade.
  • Processador Snapdragon 660, um chip ainda bastante competente, mas que já data de 2017.
  • Câmeras com dois sensores traseiros, um principal de 48 MP e outro de profundidade de 5 MP, enquanto na frente temos uma câmera para selfies de 13 MP.

Mesmo com um processador mais antigo, o Redmi Note 7 é uma boa opção.

 

Anúncio

3. Xiaomi Mi 9 Lite:

Saindo da linha de intermediários mais básicos, damos de cara com o Mi 9 Lite, mais uma alternativa da Xiaomi nessa categoria, mas mirando uma faixa mais avançada.

  • Tela Super AMOLED de 6,39 polegadas e resolução Full HD+.
  • Câmera frontal de 32 MP, a câmera traseira é composta por um sensor de 48 megapixels, outro ultrawide de 8 megapixels e um terceiro de profundidade com 2 megapixels.
  • Processador Snapdragon 710,
  • Bateria de 4.030 mAh,
  • 6 GB de memória RAM
  • e opções de 64 GB ou 128 GB de armazenamento interno.

O Mi 9 Lite é um smartphone bastante sólido.

 

4. Huawei P30 Lite:

Seguindo a onda dos aparelhos lite, a Huawei foi outra fabricante que resolveu apostar em uma versão mais em conta de um topo de linha: no caso, o Huawei P30. Mesmo assim, o P30 Lite só tem de lite o nome mesmo, pois suas configurações são bem poderosas.

  • Processador Kirin 710 proprietário da empresa chinesa. Com oito núcleos, ele chega a funcionar a até 2,2 GHz, entregando desempenho de sobra
  • 4 GB ou 6 GB de RAM
  • Possui três lentes na parte de trás (24 MP + 8 MP ultrawide + 2 MP) e um sensor de 32 megapixels na parte da frente.
  • Tela IPS LCD de 6,15 polegadas tem resolução Full HD+

De o Huawei P30 Lite de básico só o nome.

 

5. Galaxy A50:

O Galaxy A50 é praticamente um aparelho de entrada dos Tops da Samsung.

Anúncio
  • Tela Super AMOLED de excelente qualidade, 6,4 polegadas e 2340 x 1080 pixels de resolução, sem notch e sem queixos,
  • Câmera frontal de 25 MP
  • Possui um sistema de câmeras que inclui três sensores: um principal de 25 megapixels, outro ultrawide de 8 megapixels e um terceiro sensor de profundidade ToF de 5 megapixels.
  • Processador Exynos 9610  que entrega desempenho suficiente para rodar jogos e apps mais pesados sem engasgos.
  • Bateria tem 4000 mAh de capacidade,
  • Sistema Android 9 Pie, com promessa de atualização para o Android 10.
  • Duas opções de compra: 4 GB de RAM + 64 GB de armazenamento e 6 GB de RAM + 128 GB de armazenamento.

Como já foi dito, o Galaxy A50 é praticamente um aparelho de entrada dos tops da Samsung

 

Para ajudar você a escolher o seu smartphone, temos outras matérias que podem auxiliar na tomada de decisão:

Igor Luiz é Fundador e o Content Manager do Gadz Tech. Profissional na área de criação de sites, marketing digital e trabalha na publicação de notícias do site. Email de contato: contato@gadz.com.br

Anúncio
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 − 3 =

Celulares & Tablets

O que é o Google Discover e como habilitar no meu telefone?

O Google Discover é uma solução para resolver o problema de encontrar notícias relevantes e personalizadas

Publicado a

em

O que é o Google Discover e como habilitar no meu telefone?

Em um mundo repleto de artigos, notícias e histórias, pode ser difícil encontrar o que realmente interessa a você . Em inglês “Discover” significa Descobrir, então, como o nome indica, o Google Discover é uma solução para encontrar o que realmente lhe interessa.

Uma breve história do Google Discover

Um pouco sobre o Google Discover
Um pouco sobre o Google Discover

As origens do Google Discover começa em meados 2012, quando era chamado de “Google Now”. A ideia do “Google Now” era fornecer informações ao longo do dia sem a sua contribuição. Em outras palavras, o Google faria as pesquisas do Google para você.

O Google Now pode traziam informações de cartões de embarque, próximos eventos esportivos, eventos de calendário, números de rastreamento e muito mais. Lentamente, o Google removeu algumas destes recursos e moveu muitos desses recursos foi parar no Google Assistente.

Com isso ele foi reduzido a buscar os artigos da web e passou a ser conhecido simplesmente como ” Google Feed “. Em 2018, o Google anunciou oficialmente o Google Discover que temos hoje.

Mas para que serve o Google Discover?

Aparência do Google Discover no Android (esquerda) e iPhone (direita)
Aparência do Google Discover no Android (esquerda) e iPhone (direita)

Como já mencionamos no início da matéria, o objetivo do Google Discover é revelado já no seu próprio nome. É ajudar a pessoa a descobrir conteúdo na web que diz respeito aos seus interesses. O feed do Google Discover de todos é personalizado de acordo com suas preferências.

Você não precisa visitar uma lista de sites ou selecionar seus próprios feeds RSS. O Google faz o trabalho para você, reunindo histórias de toda a web nas quais acredita que será do seu interesse. Tudo que você precisa fazer é abrir o Google app e você terá uma variação de conteúdo para desfrutar.

Como o Google Discover sabe do que eu gosto?

O Google Discover é personalizado para cada pessoa, mas como isso funciona exatamente? A primeira parte desta descoberta é o Google está explorando as informações que você já forneceu:

Anúncio
  • Suas atividade na internet
  • Seu histórico do Youtube
  • Buscas feitas no Google e outra séries de fatores

O mais importante de tudo isso, porém, é como você personaliza o Discover. Quanto mais você ajuda o algoritmo do Discover, melhor fica será a entrega de conteúdo para você.

No início, você pode encontrar coisas com as quais não se importa. Só porque você pesquisou uma vez por algo não significa que você é um superfã que precisa saber tudo sobre o tema. Se você disser ao Google que não está interessado nisso, não aparecerá novamente.

Como posso personalizar o Google Discover?

Personalizar o Google Discover tem a ver com agir de acordo com o conteúdo conforme você o vê. As histórias são apresentadas no feed como cartões e esses cartões incluem controles para ajuste fino.

Clique no ícone dos 3 pontinhos para abrir mais opções no Google Discover
Clique no ícone dos 3 pontinhos para abrir mais opções

Por exemplo, aqui está um cartão sobre um programa de Liga da Justiça. Tocar no botão de menu exibe algumas opções. Neste exemplo, o tópico que o Google acha que estou interessado é “Liga da Justiça”. Posso dizer ao Google que não estou interessado nisso ou “Siga” o tópico para obter ainda mais informações sobre ele.

Clicando no menu, surgirá mais opções do Google Discover
Clicando no menu, surgirá mais opções

O Que é o Google Discover?

Resumindo, o Google Discover é o feed de conteúdo da web personalizado e com curadoria. Se você está sempre procurando algo interessante para ler ou assistir, pode ser uma ótima ferramenta. 
Continue Lendo

Celulares & Tablets

LG K51s: Já esta disponível atualização com Android 10 no Brasil

Confira se seu celular já recebeu a atualização do androide mais recente, para ter acesso a vários recursos que ele oferece.

Publicado a

em

Se você estava a espera de uma atualização para o seu LG k51s, saiba que o Android 10 já esta disponível para Download. Recentemente os modelos K40s e K41s também receberam essa atualização no Brasil

A novidade foi confirmada nesta quarta-feira (20/01) por vários usuários nas redes sociais.

LG K51s Atualização

Android 10 no K51s

De acordo com os usuários que tiveram acesso ao update, o pacote possui cerca de 1,3 GB e traz uma série de melhorias implementadas pelo Google no Android 10. Alguns recursos como a conhecida navegação por gestos, central de notificações melhorada e várias correções de segurança estão presentes nessa versão.

Além disso, o software ainda implementa diversas alterações de design na interface proprietária da LG.

É necessário ter em mente que esse tipo de atualização é distribuída por meio de fases. Dessa forma, caso você tenha esse modelo, pode ser que a atualização ainda não tenha chego para você, mas provavelmente nos próximos dias ela deve ficar disponível para download.

Continue Lendo

Aparelhos Celulares

Huawei: Novo sistema operacional HarmonyOS estará disponivel para mais de 100 milhões de dispositivos

O programa de redução das taxas era para começar oficialmente em janeiro, mas agora em dezembro alguns desenvolvedores já receberam esse desconto.

Publicado a

em

2021 aguarda muitas novidades, e uma delas é o novo sistema operativo da Huawei, o HarmonyOS, que será usado por 100 milhões de dispositivos. Pelo menos é p que empresa espera ao fazer esse anúncio durante o Huawei Developer Day, na China.

Segundo a Huawei, a versão beta do HarmonyOS 2.0, disponível há duas semanas, tem interessado o mundo e seus desenvolvedores.

“Estamos a procurar trabalhar com mais desenvolvedores e parceiros para um cenário de ganha-ganha” ,explicou Yang Haisong, um dos vice-presidentes da Huawei.

HarmonyOS trabalhando com mais de 40 marcas

Novo sistema pretende competir com Android

A Huawei disse junto ao objetivo de estar presente em mais de 100 milhões de dispositivos, que também esta trabalhando com mais de 40 marcas. O objetivo é que os seus serviços, dispositivos ou aplicações funcionem normalmente com telefones que executem esse sistema operativo.

O HarminyOS não é apenas um sistema para Smartphones, mas também pretende trabalhar com mais de 120 fabricantes de eletrodomésticos e mais de 20 fabricantes de todos os tipos para criar produtos em 2021 para o seu sistema.

Semelhante ao EMUI 11, o HarmonyOS é a iniciativa da Huawei ficar independente do Android. Mas espera-se que a Huawei mude a interface antes de chegar à versão final. Afinal, a beta apenas está disponível para os desenvolvedores. É uma forma de portar as suas aplicações e verificar se tudo está a funcionar corretamente.

Fonte: Noticias de Tecnologia

Continue Lendo

Mais lidas +

Gadz © 2017 - E-mail para contato: contato@gadz.com.br