Connect with us


Black Friday

#BlackFriday2019: Veja os melhores smartphones até R$ 1.000 em 2019

Estão na lista apenas aparelhos de entrada, mas que mesmo assim têm configurações interessantes e que podem ser encontrados tanto no varejo nacional quanto online por menos de R$ 1.000,00

Publicado

em

Com a chegada da Black Friday e Natal, se aproximando, muita gente se programa para comprar um smartphone novo com o 13º salário. Confira no final desta matéria as nossas menções honrosas e desastrosas!

Publicidade

 

Pensando nisso, fizemos uma lista de aparelhos com um custo benefício interessante:

1. Redmi Go

O Redmi Go foi lançado no começo de 2019 e já veio equipado com o Android Go (8.1 Oreo). Por ser um sistema mais “básico”, é ideal para quem está com a grana curta. Resumindo: Um aparelho para funções básicas de um smartphone.

  • Tela LCD IPS de 5 polegadas e 1280 x 720 pixels de resolução,
  • Câmeras básicas na parte de trás (8 megapixels) e da frente (5 megapixels),
  • Processador Snapdragon 425,
  • 1 GB de RAM
  • e opções de 8 GB e 16 GB de armazenamento interno, expansível para até 128 GB com um cartão microSD.

Não possui proteção biométrica, como um leitor de impressões digitais, presente em todos os demais modelos desta lista. Mesmo assim, isso pode ser relevado, principalmente se observarmos que o Redmi Go custa aproximadamente R$ 430.

Gostou? Compre o Redmi Go agora!

 

2. Moto G7 Play

A linha Moto G é uma das mais queridas do brasileiro, e um dos motivos é que eles vão desde o mais básico a algo que transita na faixa dos intermediários premium. No começo deste ano o destaque ficou para o Moto G7 Play, o aparelho de entrada da linha com:

  • Tela de com 5,7 polegadas e resolução de 1440 x 720 pixels
  • Processador Snapdragon 632, que entrega desempenho acima da média para este segmento
  • Câmera traseira com sensor de 13 megapixels capaz de fazer gravações em 4K e a 30 quadros por segundo.
  • 32 GB de armazenamento interno. Expansível até 1 TB com microSD,
  • 2 GB de memória RAM,
  • Bateria com 3.000 mAh ,
  • Android 9 Pie de fábrica
  • e leitor de impressões digitais na parte de trás.

O Moto G7 Play esta saindo por por R$ 730,00 aproximadamente.

Gostou? Compre o Moto G7 Play!

 

3. Galaxy M10

Modelo mais básico da linha Galaxy M, o Galaxy M10 traz configurações bastante equilibradas e interessantes para quem não quer abrir tanto mão da qualidade mesmo comprando um aparelho de entrada.

  • Tela TFT no formato Infinity-V de 6,22 polegadas e 1520 x 720 pixels de resolução,
  • Câmeras com sensores de 13 MP e 5 MP que ficam na parte traseira.
  • Não possui leitor de impressões digitais, porém tem suporte a reconhecimento facial,
  • Processador Exynos 7870 de oito núcleos,
  • Opções de 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento
  • 3 GB de RAM com 32 GB de armazenamento,
  • Android 8.1 Oreo de fábrica
  • e bateria de 3.400 mAh

O smartphone da Samsung pode ser encontrado por R$ 699,00.

Gostou? Compre o Galaxy M10!

4. Galaxy A20

O grande diferencial deste aparelho da Samsung é:

  • Tela AMOLED infinita de 6,4 polegadas e 1560 x 720 pixels de resolução.
  • Câmera com um sensor de 13 MP e outro ultrawide de 5 MP, capazes de filmar em 1080p e 30 FPS, enquanto a câmera de selfies vem com 8 megapixels.
  • Processador Exynos 7884 de oito núcleos,
  • 3 GB de RAM
  • 32 GB de armazenamento interno, Expansível para até 1 TB com cartão microSD.
  • Android 9 Pie e a promessa de atualização para o Android 10.
  • Bateria tem 4.000 mAh

O Galaxy A20 é o smartphone desta lista que custa mais caro, saindo por R$ 860, mas é o que mais está próximo de uma proposta intermediária.

Gostou? Compre o Galaxy A20!

 

5. LG K12+

Quando a LG lançou o K12+, disse que ele era destinado ao “público jovem”. Embora ninguém saiba exatamente o que a fabricante quis dizer com isso, a verdade é que este smartphone chegou com algumas características “do passado”.

  • Tela IPS de 5,7 polegadas e 1440 x 720 pixels de resolução
  • Bateria de apenas 3.000 mAh
  • Certificação militar, indicando que ele trabalha bem inclusive a muita chuva e poeira.
  • Câmeras traseira e frontal, com 16 megapixels e 8 megapixels, respectivamente.
  • Sistema de som surround DTS:X 3D de 7.1 canais,
  • processador Helio P22 de oito núcleos,
  • 32 GB de armazenamento interno. Expansível até 1 TB com cartão microSD,
  • 3 GB de RAM
  • e leitor de impressões digitais.
  • Android 8.1 Oreo.

Diferente dos demais smartphones desta lista, o LG K12+ tem bastante explícito seus pontos fortes e fracos, sendo indicado para quem busca um aparelho resistente, capaz de fazer boas fotos e oferecer uma boa experiência de áudio. Se for esse o seu caso, ele pode ser encontrado por R$ 700 online.

Gostou? Compre o LG K12+

 

Menção honrosa: Redmi 7

O Redmi 7 é o típico smartphone camaleão, dando um nó na cabeça de quem tenta classificá-lo como de entrada ou intermediário. O fato é que este aparelho traz configurações poderosas e bem acima da média para este segmento de smartphones básicos Ao todo, ele tem quatro opções de configuração, sendo que duas servem ao propósito desta lista (3 GB de RAM + 32 GB de armazenamento e 3 GB de RAM + 64 GB de armazenamento), a outra é para passar raiva de tão básica (2 GB de RAM + 16 GB de armazenamento) e a última extrapola os limites (4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento, custando bem mais que R$ 1.000).

Em todos os casos, o aparelho vem equipado com:

  • processador Snapdragon 632, o mesmo do Moto G7 Play, e
  • Ótimas câmeras (12 MP + sensor de profundidade de 2 MP na traseira e frontal de 8 MP) e o recurso AI Camera, que detecta automaticamente mais de 30 condições diferentes de iluminação e garante fotografias muito boas.
  • A tela tem uma tecnologia IPS e 6,2 polegadas, mas apenas 1520 x 720 pixels de resolução, o que pode incomodar um pouco os mais exigentes.

O lado negativo do Redmi 7 são os aplicativos que vêm embutidos no sistema e que exibem várias propagandas ao usuário. Embora possam ser removidos e/ou desabilitados, eles estão ali e podem estragar a experiência de quem é mais leigo e optar por pagar R$ 750 na versão com 32 GB de armazenamento.

Gostou? Compre o Redmi 7

 

Menção desastrosa: Galaxy A10

Se você chegou até aqui, pode estar se perguntando se vale a pena comprar o Galaxy A10. A resposta, curta e grossa, é não.

Ele está bem abaixo de qualquer aparelho desta lista e, fora o visual, não compartilha nenhuma característica que justifique sequer ele ser colocado na linha Galaxy A.

Seu acabamento e várias de suas especificações são datados, apresentando entrada microUSB para carregamento (quando todos os outros Galaxy A usam USB-C), tela com resolução baixa, cores lavadas e brilho estourado, câmera muito simples de 13 megapixels que aplica forte suavização nas fotografias e câmera frontal de 5 megapixels que registra fotos com muito ruído.

Enfim… são tantos cortes de recursos para derrubar o preço final do Galaxy A10 que fica difícil recomendá-lo para qualquer pessoa, até mesmo aquelas que fazem apenas uso superbásico do aparelho no dia-a-dia. Se a grana está curta e ainda há dúvidas, volte para o começo da nossa lista e qualquer outra opção terá um custo-benefício melhor para você.

 

Procurando outros aparelhos, confira outras matérias que pode lhe ajudar a fazer a troca de aparelho: