Connect with us


Black Friday

Black Friday: Dicas de como fazer compras sem comprometer o orçamento

Publicado a

em

A Black Friday é o momento em que as lojas oferecem algum tipo de desconto, como uma redução realmente significativa no preço de um produto ou vantagens em parcelas e financiamentos.

Entretanto, é fácil se empolgar com tantas possibilidades. Será que existe um equilíbrio entre encher o carrinho virtual e manter o planejamento financeiro? Tomando alguns cuidados e seguindo dicas como as que você confere a seguir, é possível aproveitar promoções sem culpa.

Confira essas dicas:

Organize o cartão de crédito

O primeiro passo é organizar o orçamento para evitar passar do ponto, programe-se para saber como estarão as suas finanças em novembro/2019, mês da Black Friday. Pense sempre nas possibilidades, positivas e negativas, tipo:

  • O salário vai cair no dia?
  • Houve algum gasto não programado no mês?
  • Vai sobrar uma reserva para casos de emergência?

Feitas as contas, é recomendável impor um limite para os gastos no cartão de crédito. Dessa forma, você terá uma espécie de “trava” que avisará quando ultrapassar o que estava previsto. Ativar essa opção nos aplicativos de serviços bancários ou nos sites dessas instituições é fácil.

 

Cuidado com os parcelamentos na Black Friday

Comprar produtos parcelados dá aquela sensação de que você não gastou tanto, afinal o preço é fragmentado ao longo do ano. Só que aí também mora um perigo: adquirir produtos em várias vezes faz você se endividar por mais tempo, nunca libera o seu orçamento para investimentos ou outras compras e pode colocar todo o seu planejamento em risco. Isso não significa que parcelar é sempre negativo, mas é preciso ser cuidadoso para não exagerar.

Venda alguns itens

Programe-se: Tenha alternativas para aumentar seu poder de compra em novembro. Anuncie produtos que não utiliza ou quer atualizar em sites de comércio eletrônico para ganhar alguns trocados e complementar o valor do recém-adquirido.

Compre só o necessário

Antes de comprar alguma coisa, pense duas vezes: você precisa mesmo desse item ou está apenas aproveitando um desconto que talvez não apareça em outro momento do ano? Adquirir produtos por impulso pode não só comprometer as suas economias mas também acumular objetos inúteis em casa.

Uma boa ideia é fazer uma lista de desejos antes da Black Friday apenas com aqueles produtos realmente desejáveis e que serão bem aproveitados no caso de uma compra.

 

Faça pesquisas de preço antes

Tradicionalmente, muitas lojas usam antes da promoção elevam o preço de alguns produtos para oferecer  “desconto” na data especial, fingindo que se trata de uma oferta. Por isso, pesquisar se o valor variou muito ou se outra loja oferece a mesma compra por um valor mais vantajoso é essencial.

 

Confira nosso especial da Black Friday

Igor Luiz é Fundador e o Content Manager do Gadz Tech. Profissional na área de criação de sites, marketing digital e trabalha na publicação de notícias do site.

Black Friday

#BlackFriday2019: Amazon cria uma página especial este ano

Com a Black Friday chegando neste mês, a Amazon criou uma página especial para quem gosta de comprar com desconto. Se você já esta procurando por ofertas, é uma boa dar uma olhada no site que eles prepararam

Publicado a

em

Com esta página especial para a Black Friday 2019, você já pode ter acesso as ofertas variadas que virão, tanto para antecipar ou até mesmo para você preparar a sua lista de desejos. A gigante americana oferece uma infinidade de produtos dos mais diversos tipos e a entrega é muito rápida. Se você tiver o serviço da Amazon Prime você terá ainda mais benefícios.

Todas as categorias do site estão participando, desde livros, video games e jogos, informática, celulares e smartphones, brinquedos, dentre outras. Veja algumas promoções incríveis que já estão disponíveis no esquenta da Amazon:

 

Kindle – Décima geração

 

Kindle – Décima Geração

 

A luz embutida ajustável permite que você leia confortavelmente por horas – em lugares abertos ou fechados, durante o dia ou a noite. A tela de 167 ppi proporciona uma leitura sem reflexo, mesmo sob a luz do sol. É como se você estivesse lendo em papel.
Leia sem distrações. Você pode marcar trechos, melhorar seu vocabulário com o dicionário, traduzir palavras e ajustar o tamanho da fonte sem precisar sair da página. Você pode escolher entre milhares de livros e armazená-los na sua biblioteca, que cabe nas suas mãos. Uma carga que dura semanas, não horas.

Se você se interessou, deixaremos o link do produto para você comprar:

Compre agora!

 

PlayStation Classic 2018, com 20 Jogos

 

PlayStation Classic 2018, com 20 Jogos

Uma recriação em miniatura do icônico console PlayStation. Pré-carregado com 20 jogos favoritos dos fãs, juntamente com dois controles com fio para confrontos multijogador locais e um cartão de memória virtual para salvamentos vitais do jogo. O PlayStationClassic também apresenta o mesmo famoso logo, layout de botão e embalagem externa – mas esse miniesole é aproximadamente 45% menor que o PlayStation original e inclui um cabo HDMI para conectar diretamente a uma TV. O PlayStationClassic é a consola perfeita para os fãs que adoram retro – e para uma nova geração que quer experimentar a aurora da PlayStation pela primeira vez.

Caso você queira outros consoles nostálgicos, fizemos uma matéria sobre os outros consoles retrô 

Se você se interessou, deixaremos o link do produto para você comprar:

Compre agora!

 

Acessórios para PC’s

 

Acessórios para Computadores

Procurando uma oportunidade para comprar seus acessórios Gamer? Esta lista pode lhe ajudar! Tem promoções de teclados e mouse gamer, fones e muito mais. Se você se interessou, deixaremos o link do produto para você comprar:

Compre agora!

 

iPhones em oferta

Ofertas de iPhones

Procurando uma oportunidade para comprar seu iPhone? Esta lista é para você! Tem iphone a partir de R$ 2.400,00 e muito mais. Se você se interessou, deixaremos o link do produto para você comprar:

Compre agora!

Continue Lendo

Black Friday

#BlackFriday2019 : A Fraude já começou! Veja quais produtos já ficaram mais caros

Segundo pesquisa do site de comparação, o catálogo online de várias lojas em 16 categorias já está, em média, 5,7% mais caro. Confira a tabela

Publicado a

em

A Black Friday de 2019 está chegando e é uma boa hora para encontrar produtos realmente mais baratos, mas também é uma hora onde alguns lojistas aproveitam para maquiar  os preços para oferecer falsos descontos. Segundo pesquisa do site de comparação, JáCotei, o catálogo online de várias lojas em 16 categorias já está, em média, 5,7% mais caro.

A pesquisa foi realizada entre 29 de setembro e 29 de outubro e inclui itens mais procurados em promoções do varejo, incluindo smartphones, geladeiras, TVs, fogões, aspiradores de pó, fritadeiras elétricas, pneus, lavadoras de roupa, notebooks e ar condicionado.

Confira a tabela abaixo:

 

[table “2” not found /]

 

O campeão de aumento dos valores às vésperas da Black Friday, é :

  • Microondas (11%),
  • seguido por fraldas (9,7%),
  • lavadora de roupas (9,2%),
  • impressoras (8,2%),
  • fogão (8,1%)
  • e fritadeira elétrica (6,8%).

O notebook foi a única categoria com variação negativa no período, com queda de 0,4%.

 

Como não cair nessas fraudes?

O melhor jeito de descobrir é monitorar o preço dos produtos online ao longo das semanas. Se você não fez, existe alguns sites que fazem comparações de preço ao longo do ano. Um dos sites são o JaCotei, Zoom e Buscapé.

Outra boa maneira de fazer isso é buscar comentários de outros usuários nas próprias plataformas ou redes sociais para saber se há alguma variação acima do comum no período.

O mais aconselhável é comprar com grupos confiáveis e sempre pesquisar sobre o lojista no ReclameAqui, para saber mais sobre a reputação; ou consultar o CNPJ dela junto à Receita Federal, para checar se os dados dela estão em dia com o governo.

Confira outras dicas de como não ter dor de cabeça na Black Friday:

Fonte: Exame

Continue Lendo

Black Friday

#BlackFriday2019: 5 erros mais comuns de brasileiros que compram produtos da China

Todo o ano existem brasileiros que procuram descontos em sites da China, e muitos consumidores acabam caindo em pegadinhas ou acabam tendo surpresas desagradáveis. Vamos dar algumas dicas para evitar estas surpresas desagradáveis.

Publicado a

em

Este ano a tendência de smartphones será maior que dos anos anteriores e um dos motivos é a alta procura de aparelhos  de marcas chinesas. Não só por smartphones mas também por caixas de som, fones de ouvido, tablets, pulseiras inteligentes, roupas, bolsas, brinquedos, entre outros produtos.

Mas como aproveitar e importar produtos da China?

A maioria dos consumidores pode estar com várias dúvidas como:

  • Como faço para importar da China? É seguro?
  • Os produtos são confiáveis?
  • Quanto tempo demoram para chegar?

Hoje é muito seguro comprar produtos da China mas como qualquer compra feita pela internet, você precisa ter um mínimo de conhecimento sobre o que você está comprando.

Segundo pesquisa do PayPal, a China é o segundo país do qual os brasileiros mais compram. Com esta popularidade toda, sites chineses como Gearbest, AliExpress ou Banggood, possuem sites em português, aceitam pagamento via boleto, cartão nacional e alguns até aceitam parcelar. A maioria possui frete grátis e código de rastreio.

 

O que precisamos evitar na hora de fazer as compras

Como em toda loja na qual fazemos compras, existem alguns erros básicos que não podemos cometer para evitar complicações e aborrecimentos futuros. Confira os 5 erros mais comuns ao comprar da China:

Erro 1 – Não ler os anúncios com atenção

Sim! Isso realmente acontece. Quando começamos a pesquisar preços em sites chineses, ficamos impressionados com o valor baixo dos produtos, que esquecemos de ler os detalhes. Muitas vezes fazemos uma “leitura rápida” do anúncio e notamos só as principais informações que nos convêm ( imagem, preço e a palavra-chave que pesquisamos ), deixamos de ler a descrição ou até mesmo tentamos nos iludir inconscientemente. Assim acabamos comprando uma capinha de celular e na verdade queríamos comprar o aparelho.

 

Erro 2 – Tentar fazer “negócios da China”

Embora exista uma mística de que sempre os valores sejam inferiores ao do Brasil, isso nem sempre é verdade. Precisamos pensar que determinados produtos podem ter frete e/ou taxas. Então veja no site ( nao esqueça do Erro 1 ) todo o calculo para se fazer a importação para o Brasil. Outro ponto é sempre procurar comprar de sites confiáveis.

 

Erro 3 – Comprar celulares de marcas desconhecidas

Um erro clássico  em “marinheiros de primeira viagem” é ficar encantado com a imensidão de aparelhos e fabricantes de celulares. Há celulares chineses muito bons, como a Xiaomi, o OnePlus, a Huawei, entre outras.

Mas há marcas que devem ser evitadas, pois não possuem suporte para atualizações do fabricante ou mesmo para peças de reposição. A dica é, antes de comprar um aparelho, mesmo com boa configuração, buscar na internet manuais, tutoriais e dicas.

 

Erro 4 – Comprar roupas e esquecer de olhar os tamanhos

Comprar roupa em sites da China requer muita atenção. Não basta traduzir o S (de Small) como P, deixar M como M mesmo e L (de Large) como G. Os chineses são mais baixos que os brasileiros e, para isso, nem as tabelas de conversão ajudam muito.

A dica é medir uma roupa que nos sirva e comparar com as especificações do site com cuidado. Se o valor expresso lá for em inch (polegada), basta multiplicar por 2,54. Ou fazer a conversão no Google.

 

Erro 5 – Comprar produtos sem rastreio

É comum a pessoa querer economizar com a tarifa de rastreio. Quando você faz a compra sem rastreio, corre o risco de perder dinheiro pois nesse caso não há como provar que o produto não chegou. Sem contar que, na modalidade sem rastreio, as mercadorias demoram mais a chegar.

Falando na falta, tem também o excesso! Algumas pessoas, querendo que a encomenda chegue mais rápido, contrata um frete expresso como o FreteBR da loja Gearbest ou o Expresso da EMS. A questão é que nem sempre a mercadoria é entregue tão mais rápido do que se espera, além de ser taxada com certeza (60% do valor do produto mais frete e seguro). No caso do frete comum com rastreio, o produto é taxado por amostragem, podendo ser taxado pelo valor declarado pela loja (que na maioria das vezes é inferior ao valor real) ou simplesmente nem ser taxado.

 

SEMPRE VERIFIQUE A REPUTAÇÃO DOS FORNECEDORES

Um erro muito comum, tanto nos sites chineses ou até mesmo em no mercado livre, é não verificar a reputação dos fornecedores.

A dica final é estar atento às mudanças. As lojas estão sempre em evolução, trazendo novas formas de comprar, diferentes tipos de frete e maiores facilidades de pagamento. Como em qualquer outro tipo de loja, o olhar atento do consumidor faz sempre a diferença.

 

Continue Lendo

Mais lidas +