UAI
Connect with us


Apps

Falhas de segurança no TikTok permitiam que invasores tornassem públicos os vídeos privados dos usuários do App

Várias vulnerabilidades teriam permitido que os invasores assumissem as contas de usuário no popular App de vídeo de mídia social

Publicado a

em

A empresa de segurança israelense Check Point anunciou que encontrou várias vulnerabilidades de segurança no App TikTok. A informação chega quando os membros do Congresso dos EUA alertaram que o TikTok censura o conteúdo que o governo chinês não gosta e que o governo chinês pode ter acesso aos dados do usuário do aplicativo.

O Pentágono também alertou seus funcionários para excluir o aplicativo, e proibiram o acesso a ele em suas redes. Até agora, o Tik Tok negou todas essas alegações.

 

Sobre a vulnerabilidade

Uma vulnerabilidade encontrada pelos pesquisadores da Check Point teria permitido que os invasores enviassem mensagens falsas aos usuários do aplicativo que pareciam vir do próprio TikTok. Eles poderiam ter se beneficiado com isso para enviar aos usuários links maliciosos contendo malware que permitiriam que eles controlassem as contas dos usuários, enviassem conteúdo em seus nomes e excluíssem ou até tornassem públicos vídeos privados.

De acordo com a Check Point, o TikTok também permitia que invasores injetasse conteúdo malicioso em sites confiáveis ​​e, em seguida, recuperassem informações pessoais dos usuários, como nome e data de nascimento. A empresa israelense de segurança também descobriu que um dos recursos do site era permitir que os usuários enviassem um texto SMS para fazer o download do aplicativo. Os pesquisadores descobriram que podem usar essa funcionalidade para também enviar links maliciosos para o número de telefone de qualquer usuário.

Os invasores também podiam usar outras vulnerabilidades para seguir silenciosamente um usuário sem que ele saiba e, em seguida, ter a capacidade de ver também os IDs de vídeo do usuário. Depois de conhecerem os IDs do vídeo, eles poderiam usar outra vulnerabilidade para tornar esse vídeo privado em público.

A Check Point enviou um resumo de sua pesquisa ao Departamento de Segurança Interna dos EUA, de acordo com o New York Times . Em fevereiro do ano passado, a Federal Trade Commission (FTC) apresentou uma queixa contra a TikTok, dizendo que coletava ilegalmente informações pessoais de menores.

 

O que a TikTok disse sobre estas informações

A empresa diz que não há indícios de que as brechas tenham sido exploradas de fato. A Check Point informou estes erros ao TikTok em 20 de novembro, e foram corrigidos até 15 de dezembro.

 

Fonte: Check Point

Igor Luiz é Fundador e o Content Manager do Gadz Tech. Profissional na área de criação de sites, marketing digital e trabalha na publicação de notícias do site. Email de contato: [email protected]

Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =

Apps

A Microsoft anuncia o lançamento dos aplicativos Project e Roadmap no Microsoft Teams

A Microsoft anunciou hoje o lançamento dos aplicativos Project e Roadmap no Microsoft Teams. Microsoft informou também que ambas as ferramentas estarão disponíveis para todos os usuários do Office 365

Publicado a

em

A Microsoft anunciou hoje o lançamento dos aplicativos Project e Roadmap no Microsoft Teams. Com esses aplicativos, os usuários poderão gerenciar, rastrear e colaborar facilmente no projeto da equipe sem sair do Teams.

Project:

 

O aplicativo Project in Teams ajuda você a lidar com qualquer coisa, desde pequenos projetos a grandes iniciativas e é projetado para praticamente qualquer função, nível de habilidade ou tipo de projeto.

Além dos recursos acima, o aplicativo ajuda a colaborar com outros usuários no projeto, independentemente de onde o outro usuário está ou qual dispositivo está sendo usado. As funções desta ferramenta de projeto incluem:

  • Lidar com projetos pequenos ou grandes
  • Lidar com qualquer nível de habilidade ou tipo de projeto
  • Mecanismo de agendamento automatizado para definir esforço, duração e recursos de dentro das equipes.

Roadmap :

 

Esta ferramenta fornece ‘uma forma visual e interativa’ para conectar e fazer vários projetos visíveis simultaneamente e mostrar seu status em toda a organização. Ele representa um quadro multifuncional e mais amplo do trabalho do Microsoft Project e do Azure Boards .

O anúncio oficial da Microsoft menciona que ambas as ferramentas estarão disponíveis para todos os usuários do Office 365 . Na verdade, aqueles com licenças do Project for the Web serão capazes de criar e editar projetos com a ajuda de ambas as ferramentas e compartilhá-los com o Microsoft Teams .

Continue Lendo

Apps

Google play music: Antigo serviço de musica é encerrado oficialmente

Aproveite para atualizar seu app para a nova versão e não perder suas playlists salvas.

Publicado a

em

Como já era previsto pela Google, o serviço do Google Play Music finalizou seu serviço nesta quinta-feira (22/10). Isso já estava acontecendo em outras regiões durante as ultimas semanas, chegando ao fim de forma absoluta.

Novo Posicionamento de Marca

Mensagem que aparecerá ao acessar o app.

A partir de agora, assim que for acessado o aplicativo de musica da google, a tela inicial é substituída por um aviso, esclarecendo que esse serviço não está mais disponível.

A partir de agora você poderá transferir suas músicas e playlists para a biblioteca do YouTube Music e gerenciar os dados da conta, usando um link para a web.

Acessando o site do Play music da Google, você terá a opção de fazer a migração.

O mesmo comportamento acontece na versão para desktop, pois ao acessar a pagina do Google Play music, será oferecido algumas opções para baixar músicas enviadas para o serviço, além de excluir o histórico de recomendações e a biblioteca de músicas.

A Google já declarou que os usuários terão até dezembro para usar essa ferramenta de migração para o YouTube Music ou baixar suas músicas.

Continue Lendo

Apps

Iphone 12: Anuncio oficial no novo Smartphone da Apple

Mobile virá com tecnologia 5G, entretanto não acompanha carregador e fones de ouvido.

Publicado a

em

O novo dispositivo da Apple, o iPhone 12,  acaba de ser anunciado nesta terça-feira (13 de outubro) pelo preço sugerido de US$ 799 (cerca de R$ 4.450 em conversão direta).

Não somente isso mas também acompanha outros três novos celulares: iPhone 12 Mini (US$ 699), iPhone 12 Pro (US$ 999), e iPhone 12 Pro Max (US$ 1.099).

Novidades do novo Iphone 12

A grande novidade da vez é a tecnologia de internet 5G em toda a nova linha da maçã prateada. Usuários poderão acessar a internet em velocidades maiores caso estejam em uma região que é contemplada por esse recurso.

Por outro lado, o que vem causando bastante controvérsia é a decisão da empresa de remover tanto os fones de ouvido quanto o plugue de tomada para carregar o celular.

A partir de agora, para quem for adquirir o novo modelo, virá na caixa do iPhone apenas um cabo USB-C para Lightning. Consumidores que não tiverem plugue USB-C deverão comprá-lo à parte. De acordo com a Apple, a medida foi adotada como parte dos esforços para preservar o meio-ambiente.

Publicidade

Com relação ao seu conjunto de câmeras, tanto o Iphone 12 quanto o Iphone 12 Mini trazem o seguinte conjunto fotográfico:

  • Câmera traseira principal de 12 MP (f/1.6)
  • Câmera traseira ultra wide de 12 MP (f/2.4)
  • Câmera frontal de 12 MP (f/2.2)

Foi prometido pelo fabricante uma melhor experiência ao usar essas câmeras. Isso acontece por conta dos novos recursos que focam no que realmente importa da cena. Os novos iPhone 12 seguem com Face ID para biometria facial e resistência à água e poeira.

Para quem tiver interesse, as vendas dos novos Smartphones começam em outubro nos Estados Unidos. Não há previsão de vendas no Brasil.

Continue Lendo

Mais lidas +