Connect with us


Apps

A matemática do crush : Por que é tão difícil conseguir aquele match no Tinder?

Você de vez em quando entra no Tinder para conhecer uma pessoal legal mas tem dificuldade de conseguir encontrar um match pelo Tinder, não se preocupe: o problema não é você, mas na fórmula que o Tinder. Veja como isso acontece

Publicado a

em

Você de vez em quando entra no Tinder para conhecer uma pessoal legal mas tem dificuldade de conseguir encontrar um match pelo Tinder, não se preocupe: o problema não é você, mas na fórmula que o Tinder possui, que é uma das mais injustas.

De acordo com um pesquisa efetuada por um perfil do Medium, Worst Online Dater (“pior namoradeiro virtual” em tradução livre), a situação é mais difícil para os homens, pois apenas 20% são considerados como mais bonitos e conseguem resultados rápidos na plataforma de namoros.

O fato de um homem considerado “bonito” receber muito mais likes do que um considerado “feio” no Tinder não é nada alarmante para qualquer pessoa, mas ao tentar colocar essa informação em termos matemáticos, os números mostram um padrão um tanto inesperado:

Enquanto a maior parte dos homens (80%) competem pelos likes de uma parcela de 22% das mulheres dos Tinder, 78% delas estão competindo pela atenção dos 20% de homens “mais gatos” que existem no aplicativo.

A desigualdade dessa fórmula

Quanto mais curtidas você tem, maior é sua “riqueza” e maior são as suas de opções de pessoas que pode escolher para sair . Pensando nessa situação, o aplicativo possui um problema de distribuição de “renda” comparável a apenas alguns poucos países no mundo.

Gráfico da Curva de Lorenz sobre a desigualdade de curtidas

No gráfico, a escala vertical indica o nível de beleza masculina, enquanto o horizontal o nível de beleza feminina (Imagem: Medium)

A Curva de Lorenz é um tipo de gráfico usado para representar a distribuição relativa de uma variável em um domínio determinado. Na economia, ela é usada para deixar bem claro o quão longe a distribuição de renda de um país está do ideal utópico. O gráfico consiste de uma reta, que corta os dois eixos em um ângulo de 45º (que seria relativo a uma situação de distribuição igualitária ideal) e, logo abaixo dessa reta, curvas que representam o quão longe da situação ideal está a distribuição de renda de uma determinada região.

 

Se curtidas no Tinder fossem uma moeda, a diferença entre a quantidade de dinheiro que os 20% dos homens mais bonitos da plataforma e os restante 80% de todos eles possuem seria maior do que a diferença existente, na média, entre a fortuna de pessoas como Jeff Bezos, Bill Gates e Elon Musk, e o cidadão americano médio.

 

A realidade para homens comuns

O estudo também mostra que as chances de os homens “comuns” conseguirem sair com alguém no Tinder é bastante baixa. Entre os homens que fazem parte dos 20% mais bonitos, eles em média darão match com cerca de 20% de todas as garotas que curtirem. Isso acontece porque há muitas variáveis em um programa como o Tinder:

  • a característica subjetiva dos padrões de beleza,
  • a possível falta de confiança de algumas mulheres em curtir caras muito bonitos,
  • o fato de muita gente não usar o app com frequência
  • e a possibilidade da pessoa não curtir a foto de alguém que claramente poderia ser um modelo de cuecas por receio de ser um perfil falso.

Mesmo assim, o número de 20% de matches é um indicador extremamente positivo, principalmente quando comparado ao resto das pessoas.Isso porque essa porcentagem de matches cai vertiginosamente conforme a atratividade de um homem diminui, e boa parte dos 80% dos homens restantes possui uma chance de apenas 0,87% de dar match com alguém. Trocando em miúdos, basicamente apenas 1 de cada 115 pessoas que foram curtidas irá curti-lo de volta.

 

É confiável a pesquisa?

Apesar dos interessantes números encontrados, existem alguns problemas com a pesquisa:

1 – A amostragem do tamanho  foram obtidos analisando as respostas de apenas 27 mulheres, o que é um número praticamente insignificante em relação à quantidade de pessoas que usam o Tinder no mundo todo.

2 – Outro problema é as respostas das mulheres na pesquisa: não dá para saber quantas das respostas realmente foram honestas ou quantas pessoas mentiram em uma resposta ou outra para não mostrar que teriam interesse em um cara considerado “menos atraente”.(como forma de parecerem mais seletiva, já que sabemos bem como a sociedade julga mulheres que são consideradas como “fáceis”).

3 – Também porque foram contadas apenas as curtidas de uma maneira geral, e não foi levado em conta o tipo específico de rosto que cada uma das participantes considera como belo. Assim, os resultados levam em conta que todas as participantes possuem exatamente o mesmo padrão de beleza, e todas consideram os mesmos caras feios e os mesmos bonitos.

Apesar disso, a responsável pela pesquisa cita um outro estudo que fez sobre o Tinder para indicar como isso não é exatamente um problema: neste estudo, chegou-se a conclusão de que praticamente todas as mulheres concordam nos dois extremos do espectro da beleza:

— caras muito bonitos são considerados como muito bonitos por todas, e os muito feios também são considerados como muito feios por todas.

— e as maiores discordâncias estão na grande “massa média” da beleza masculina, que é onde as preferências pessoais realmente fazem a diferença.

Então, como os resultados da pesquisa sobre a desigualdade no Tinder separam apenas os caras “muito, muito gatos” de todo o resto, é possível considerar o resultado encontrado como confiável, já que quando falamos desse substrato muito específico de beleza há uma espécie de consenso entre todas as mulheres.

Outro dado que pode indicar que esses resultados possuem uma certa validade é o fato de como eles se comparam com o de outras pesquisas. Por exemplo, um artigo do jornal The New York Times revela que, em média, as mulheres que usam o Tinder curtem cerca de apenas 14% das opções de rapazes oferecidos a elas, enquanto a pesquisa do Worst Online Dater chegou à conclusão de que as mulheres curtem apenas 12% das opções oferecidas pelo app.

Fonte: Medium

Igor Luiz é Fundador e o Content Manager do Gadz Tech. Profissional na área de criação de sites, marketing digital e trabalha na publicação de notícias do site. Email de contato: [email protected]

Anúncio
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =

Apps

Atenção: WhatsApp deixará de funcionar em milhões de telefones hoje (01/01). Veja se o seu está na lista

Todo ano alguns dispositivos móveis antigos deixam de ter acesso ao WhatsApp e nesta sexta (01/01) não será diferente. O app encerrará a conectividade de seus servidores para vários celulares, incluindo alguns modelos Android e iOS Confira detalhes para ver se seu aparelho esta nesta lista.

Publicado a

em

No dia 01 de janeiro de 2021 alguns dispositivos móveis antigos deixarão de ter acesso ao WhatsApp. O app encerrará a conectividade de seus servidores com vários smartphones, incluindo alguns modelos antigos de Android e iOS. Neste encerramento do suporte do aplicativo tem uma novidade: esta será a primeira vez em que o primeiro iPhone, lançado em 2007, não poderá rodar o app de mensagens.

Fim da linha para smartphones com Sistema operacional velho ( iOS e Android)

Desta vez, o WhatsApp vai ficar fora de celulares com Android inferior à versão 4.0.3. Já no caso dos iPhones , o mensageiro vai parar naqueles com iOS anterior à versão 9. Confira a lista dos celulares que não poderão mais rodar WhatsApp:

  • iPhone
  • iPhone 3G e 3GS
  • iPhone 4
  • LG Optimus Black (e modelos anteriores)
  • Motorola Droid Razr
  • Samsung Galaxy S2
  • HTC Desire
  • Qualquer smartphone com Windows Phone

 

Smartphones que ainda ganharam um último suspiro

Já os seguintes aparelhos continuarão rodando o WhatsApp normalmente, desde que estejam com o sistema operacional atualizado. Será necessário iOS 9 ou Android 4.0.3 para os modelos:

  • iPhone 4S
  • iPhone 5 e 5S
  • iPhone 6 e 6S
  • LG Lucid
  • Motorola Droid 4
  • Sony Xperia Pro
  • HTC Sensation
  • HTC Thunderbolt 4G
  • Samsung Galaxy Note
  • Samsung Galaxy S3 (e modelos posteriores)

Como Descobrir a versão do seu smartphone

Descobrir qual versão do sistema operacional roda no seu smartphone é tarefa fácil. No caso de celulares Android , basta ir em:

  1. Clique em “configurações”,
  2. Depois em “sistema”,
  3. Depois em “avançado”
  4. e verificar a versão em “atualização do sistema”.

Esse também é o caminho para atualizar seu Android, caso haja atualizações disponíveis.

No caso de iPhones , é preciso ir em :

  1. Clique em “ajustes”,
  2. Depois clique em “geral”
  3. e depois em “sobre”.

Para atualizar a versão do iOS , caso esteja disponível, o caminho é ir em:

  1. “ajustes”,
  2. depois em “geral”
  3. e clique em “atualização de software”.

 

Uma dica muito importante é sempre atualizar seu smartphone para que não tome este tipo de susto e para manter a segurança dele.

Continue Lendo

Apps

Pluto TV: Novo serviço de Streaming com vários canais gratuitos chega ao Brasil

Novo serviço gratuito conta com 27 canais que transmitem diariamente filmes e séries.

Publicado a

em

O serviço de Streaming chamado Pluto TV foi lançado oficialmente no país pela ViacomCBS Networks International nos últimos dias e embora já disponível, a Pluto TV Brasil foi oficialmente anunciada nesta terça-feira (08/12) .

O serviço trata-se basicamente de um Streaming IPTV totalmente legal, sustentado por anúncios em intervalos comerciais.

Conteúdo global

O plano é até o final de 2021, a Pluto TV terá mais de 60 canais e 7.800 horas de conteúdo com uma variedade de gêneros e formatos

Atualmente ele esta oferecendo conteúdos do mundo inteiro, na qual esse novo streaming não demanda nenhum tipo de registro prévio, e pode ser acessado gratuitamente através do site pluto.tv, baixando o aplicativo (disponível para Android e iOS) e também em dispositivos do tipo Amazon Fire TV, Android TV, Apple TV, Chromecast e ROKU.

O site/aplicativo conta com cerca de 27 canais, aonde três deles possuem pop-ups temáticos desenvolvidos especialmente para o Natal (Pluto TV Cine Natal, Pluto TV Clima de Natal e Pluto TV Músicas de Natal). No próximo dia 18 de dezembro ainda esse ano, também serão adicionados outros três novos canais fixos, totalizando assim 30 canais disponíveis.

A Pluto TV já conta com uma vasta audiência em todo o mundo, com quase 36 milhões de usuários ativos mensais e uma presença internacional que se estende pela Europa, América Latina e Estados Unidos, totalizando 24 países no planeta.

Principais canais e conteúdos do serviço Pluto TV

  • Pluto TV Cine Sucessos
  • Pluto TV Filmes Ação
  • Pluto TV Cine Comédia
  • Pluto TV Cine Drama
  • Pluto TV Cine Terror
  • Pluto TV Séries
  • Pluto TV Retrô
  • Os Três Patetas
  • MTV Pluto TV
  • MTV Are You The One?
  • People Are Awesome
  • Pluto TV Anime
  • Naruto
  • Pluto TV Investigação
  • Pluto TV Natureza
  • Fail Army
  • The Pet Collective
  • Pluto TV Porta dos Fundos
  • Pluto TV Fashionbox
  • Pluto TV Junior
  • Nick Jr. Club
  • Pluto TV Kids
  • Nick Clássico
  • A Vida Moderna de Rocko
  • Pluto TV Cine Natal (pop-up)
  • Pluto TV Clima de Natal (pop-up)
  • Pluto TV Músicas de Natal (pop-up)

Como dito anteriormente, também terá a partir do dia 18 de dezembro:

  • As Pistas de Blue e Você
  • Turma da Mônica
  • Pluto TV Cine Família.

 

Continue Lendo

Apps

YouTube: Agora possui novo modo HDR para as transmissões ao vivo

Com o intuito de melhorar a experiencia do usuário e os condutos gerados pelos criadores, o youtube lança essa ferramenta que já era comum nos videos da plataforma

Publicado a

em

Segundo o YouTube, nessa semana será disponibilizado ao publico o suporte a HDR em transmissões ao vivo. Dessa forma através de uma faixa dinâmica, poderá permitir que os criadores de conteúdo façam “lives” com maior contraste, sombras e realces mais precisos em suas imagens, além de proporcionar uma gama maior de cores e melhor qualidade em suas lives.

Características do modo HDR no Youtube

Agora você pode assistir ou transmitir lives em HDR no youtube

Esse recurso não é novo, pois a plataforma ja estava disponível para vídeos regulares a 4 anos (2016), mas dessa vez será também disponibilizado pela primeira vez as transmissões via streaming.

“Estamos desbloqueando a qualidade de imagem mais espetacular para conteúdo ao vivo até agora”, disse o YouTube em uma postagem no blog oficial.

Deve-se ter em mente que toas as transmissões ao vivo em HDR dependem principalmente da compatibilidade do seu dispositivo com essa tecnologia, pois seja TV, smartphone, tablet, computador ou onde quer mais que você assista seus vídeos. Os aparelhos que não possuem esse suporte a HDR receberão a transmissão na faixa dinâmica padrão (SDR).

O YouTube Live HDR também exigirá um recurso especial dos dos criadores, pois é necessário que utilizem uma saída HLS, essa que suporta codificadores de hardware HEVC com uma profundidade de bits de 10 bits.

As placas gráficas compatíveis são  NVIDIA GeForce GTX Series 10 , AMD Radeon RX 5700  e Intel 10th Generation graphics ou placas superiores a essas mencionadas.

A tecnologia HDR não se refere a quantos pixels o display do seu dispositivo é capaz de mostrar ao mesmo tempo (como a diferença entre 1080 Full HD e 4K), mas na verdade a quantas cores cada pixel pode assumir. E, dependendo de alguns fatores como o tamanho da tela, essa tecnologia melhora sua experiência de assistir a vídeos muito mais do que aumentar a resolução.

Continue Lendo

Mais lidas +